Dez estratégias para ir além VI

Outra forma de ir além é por meio do surgimento de uma Liderança Fraca em nossas igrejas, uma liderança que fica mais tempo com o rosto em terra diante de Deus, do que em reuniões administrativas.

Este estudo é baseado em um artigo da revista IMPACTO escrito pelo irmão Harold Walker. O texto original foi publicado na revista em 2012.

Ano 14/Edição72/2012. IMPACTO. A Revista que faz pensar. https://www.revistaimpacto.com.br/

 

1 Coríntios 2:1-3

  1. Liderança Fraca. A sexta forma de ir além é termos uma Liderança Fraca.

“Os homens mais fortes da Bíblia foram Moisés no Velho Testamento e Paulo no Novo Testamento; ambos eram homens fraquíssimos. Leia 2 Co 12:10b e 1 Co 1:27-29.

Em diversas passagens encontramos Moisés prostrado de rosto no chão diante de Deus. Parece que ele vivia com rosto sujo de terra! Ele não sabia o que fazer.

Os homens mais fortes da Bíblia eram homens fracos. Mas observe bem que tipo de fraqueza era essa. Não eram fracos, covardes, que largavam suas posições de liderança ou abandonavam o povo de Deus. Sua fraqueza consistia em não serem autossuficientes, autoconfiantes. Sentiam, a todo momento, a necessidade de Deus e de sua intervenção.

Certa vez um líder cristão me disse: ‘O problema que me fez cair em pecado foi que eu me achava forte demais. Eu precisaria ter me sentido fraco para não ter caído em fraqueza’. Deus precisa levantar uma liderança que não foge à responsabilidade, que ocupa a sua posição à frente da batalha, que não permite que heresias ou falsos obreiros contaminem a igreja, mas que também não domine nem manipule a igreja com a própria força. Uma liderança que permite que o Espírito Santo aja. Que fica com o rosto em terra, diante de Deus.

Ore para isso! Ore por uma nova safra de líderes na face da terra. A necessidade prioritária da Igreja não é de mais pessoas que tenham programas de televisão, que tenham títulos na frente do nome que tenham poder, que saibam o que fazer. Infelizmente o povo de modo geral, gosta de líderes fortes, porque o líder forte não precisa ouvir Deus; ele já sabe o que fazer. As pessoas gostam de terceirizar sua responsabilidade, de ter alguém a quem recorrer, dizendo: ‘Fale para nós o que devemos fazer’. (…..)

Na inauguração do templo de Salomão (…) os sacerdotes não conseguiram entrar, porque a glória de Deus encheu a casa. Não estou falando da ausência de liderança, porque isso é anarquia. Estou falando de líderes que sabem que não nada e que precisam de Deus e dos outros, pois é nessa base que o Espírito Santo pode voltar a controlar a Igreja”.

 

Ponha em discussão:                          

  • Jesus está voltando, você está esperando? Maranata!
  • Faça da sua família, uma igreja! Faça um culto semanal na sua casa!

 

Pr. Enoque Müller Pedroso nasceu na cidade de Canoas/RS. É Técnico em Eletromecânica, formado também em Teologia pela EETAD (Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus). Em 2006 deixou um promissor emprego na secção administrativa, do setor de manutenção mecânica de uma grande empresa no ramo do vestuário, para assumir em tempo integral o ministério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.